Leia = ‘Free – A Guerra dos Preços’

Baixar-Livro-Free-Gratis-Chris-Anderson-em-PDF-ePub-e-MobiO físico (de formação acadêmica), jornalista e escritor norte-americano Chris Anderson é conhecido pelo livro "A Cauda Longa" uma das obras mais conceituadas quando se fala do mundo digital. Mundo do qual, a bem da verdade, ainda estamos apenas arranhando a superfície. E Chris aprofunda ainda mais suas percepções e análises com outro livro - 'Free (Grátis) - O Futuro dos Preços' - obra na qual pretende explicar "por que pagaremos cada vez menos no mundo virtual".

Em que pese certa prolixidade do autor, principalmente no início quando se alonga demais sobre o conceito de 'Grátis' durante a história econômica mundial, Chris Anderson realmente pesquisou sobre o assunto e, além dos questionamento, oferece uma espécie de manual de instruções para os empreendedores e o mundo dos negócios de uma maneira geral. É aí, depois de uma quase desnecessária teorização e contextualização, que a leitura deslancha.

"Se for digital, mais cedo ou mais tarde será grátis". Este é o primeiro princípio que constam em 'As regras do Grátis - Os 10 princípios da mentalidade da abundância". Segundo o autor, "a internet é o mercado mais competitivo que o mundo já conheceu". Assim, com os custos de tecnologia - processamento, largura de banda e armazenamento - se aproximando do zero a cada ano, o 'Grátis' são inevitáveis.

OK. Tudo certo. Mas como ganhar dinheiro? Ou, numa linguagem mais atual: "Como monetizar as ações e operações dentro do ambiente virtual e do mundo digital?" A resposta segue no mesmo capítulo: "O 'Grátis' faz as outras coisas terem mais valor. "Cada abundância cria nova escassez" - teoriza o escritor. "Cem anos atrás, o entretenimento era escasso e o tempo, abundante; agora é o contrário."

Entre tantos exemplos, histórias e cases de sucesso, Chris Anderson destaca "O poder dos camelôs brasileiros". E o exemplo citado nada mais é do que a extinta Banda Calypso que inovou ao deixar correr livremente o mercado negro de seus CDs vendidos a preço de "dez mil réis de mel coado" por centenas, talvez milhares, de camelôs somente em São Paulo. É que banda de Joelma e Chimbinha - antes da polêmica separação, registre-se - percebeu que seu negócio não era a venda de CDs. Assim, ela não se importou em deixar de ganhar dinheiro com a comercialização de CDs, e se concentrou no mercado de shows, mais lucrativo.

"Viajando de uma cidade à outra, sempre precedida por uma onda de CDs superbaratos, a Banda Calypso é capaz de lotar centenas de shows por ano", narra Chris Anderson. Contando também que o sucesso da banda foi contado, também, pelo antropólogo e estudioso da música brasileira, Hermano Vianna. Interessado em divulgar a banda, que até então era quase que desocnhecida na região Sudeste, Hermano ofereceu um avião que transportaria a banda. Foi quando ouviu: "Não precisa. Nós temos nosso próprio avião".

O setor de entretenimento talvez seja a faceta mais conhecida das vantagens do 'Grátis'. Com bandas que oferecem downloads gratuitos de faixas musicais, enquanto lotam auditórios e ginásios com seus shows. Jornais e portais de informação trabalham com o conceito de 'Freemium': uma junção entre 'free' (grátis) e 'premium' (especial). É quando uma parcela do negócio (serviços, em sua maior parte) é oferecida gratuitamente, mas há a possibilidade de se obter uma versão paga e melhor, que cubra os custos da versão grátis e ainda dê lucro. Um exemplo: gratuitamente você pode acessar duas notícias diárias em um portal. Em uma versão superior, pagando uma taxa mensal, seu acesso é ilimitado.

Mas se outras segmentos, até alheios ao mundo digital, resolverem incorporar os novos conceitos desta palavrinha quase mágica -  'Grátis'? Pois bem. Chris Anderson cita dois exemplos muito criativos.

1) "Na China, alguns médicos são pagos mensalmente quando seus pacientes estão saudáveis. Se você estiver doente, a culpa é do médico, então você não precisa pagar naquele mês. A meta deles é mantê-lo saudável para receberem o pagamento mensal."

2) "Na Dinamarca, uma academia de ginástica oferece uma programa no qual você não paga nada se aparecer pelo menos uma vez por semana. Mas falte uma semana e você terá de pagar o preço cheio pelo mês. A psicologia é brilhante."

Em tempos de mudanças profundas no mercado de trabalho, nada mais útil do que ler "Free (Grátis) - O futuro dos preços". Com certeza boas ideias vão surgir e você pode aprender como ganhar dinheiro com seu trabalho e seu ofício sem depender tanto de um emprego fixo. Artigo, infelizmente, cada vez mais raro.

Ficha Técnica

Free (Grátis) - O futuro dos preços, Chris Anderson, Editora Elsevier/Campus, 212 páginas

No Comments Yet.

Leave a comment