Redes sociais e sua influência nas eleições 2014

Mesmo que tenha sido palco de alguns embates nas eleições de 2010, especialistas apontam que a guerra pelas redes sociais na campanha presidencial deste ano promete ser mais acirrada.

Embora partidos e candidatos briguem pelo tempo na TV e no indefectível horário eleitoral gratuito, a internet deverá se tornar espaço prioritário para o confrono de propostas na luta, corpo a corpo, byte a byte, pelos corações e mentes dos eleitores.

Hoje, 105 milhões de pessoas têm acesso à internet no Brasil e cada uma delas costuma passar em média duas horas por dia conectada à rede.

Segundo reportagem da edição desta semana da revista "IstoÉ", "com um investimento milionário, PT, PSDB e PSB planejam mobilizar 90 mil ativistas da internet. Eles podem ser os grandes cabos eleitorais numa eleição em que a guerra digital será decisiva para a vitória nas urnas".

O quadro abaixo mostra algumas das estratégias dos três principais presidenciáveis.

infográfico - redes sociais

No Comments Yet.

Leave a comment