O que muda com o novo marketing

Content-Marketing-Speech-BubbleNovos consumidores, novo marketing

Enquanto a economia patina, lojas são fechadas e grandes empresas parecem não entender o que está acontecendo, o e-commerce (ou comércio eletrônico, em bom português) segue crescendo e a preferência.

A previsão para este ano é de um crescimento de 18% em relação ao ano passado com um faturamento de R$ 56,8 bilhões. Os números são da ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico). O ano deve registrar 190,9 milhões de pedidos nas lojas virtuais,

Comércio eletrônico deve crescer 18% em 2016

Só que com as compras via internet, mudaram alguns hábitos e, com isso, velhos conceitos e métodos de marketing e publicidade estão ficando para trás.

Hoje em dia, dois conceitos estão cada vez mais disseminados: Marketing de Conteúdo e Inboud Marketing. Todos os dois buscam aproveitar melhor a captação de clientes por meio dos mecanismos de buscas, uma vez que agora o consumidor é que procura as empresas e não, apenas e tão somente ao contrário.

Confira algumas estatísticas que definem as mudanças de comportamento do consumidor:

  • 75% das pessoas não acreditam em anúncios;
  • 60% dos consumidores se sentem mais confiantes a respeito de uma companhia depois de ler conteúdo personalizado em seu site;
  • 93% das experiências online começam com uma ferramenta de busca;
  • 84% das pessoas de 25 a 34 anos abandonam um site favorito por causa de anúncios intrusivos – pop-ups, principalmente;
  • 68% dos consumidores vão às redes socais para lerem publicações sobre produtos.

Além disso, há outras constatações, via estatísticas

  • O Inbound Marketing é responsável por mais de 90% dos cliques na internet enquanto o Outbound Marketing fica com os outros 10%;
  •  O Inbound Marketing custa 62% mais barato do que o Outbound Marketing;
  •  Empresas que utilizam blogs conseguem 97% mais links apontando para seu website;
  • 275% é o ROI (retorno sobre investimento) médio produzido através de estratégias de Inbound Marketing.

Quer saber mais. Entre em contato. Será um prazer trocar ideias e tirar suas dúvidas

Fale conosco pelo  falecom@webmilk.com.br

(Fonte: Hub Spot)

O que pensam os profissionais de Comunicação

icon-908163_640

O que pensam os profissionais de comunicação do Brasil a respeito de novas tecnologias, fim dos jornais impressos, declínio do Facebook e outros assuntos.

Este foi o tema de uma das pesquisas realizada pela Tracto, agência especializada em Content Marketing (ou Marketing de Conteúdo)

Eis o que resumidamente pensam os profissionais de comunicação do Brasil.

  • Assessoria de imprensa não é mais a principal atividade de comunicação corporativa
  • Para uma empresa fazer uma boa comunicação, não basta ter uma fan page no Facebook
  • Blog corporativo é forte em outros países, mas não pegou no Brasil
  • As mídias sociais não vão substituir os veículos de comunicação
  • Um assessor de imprensa eficiente faz um trabalho qualitativo em vez de enviar releases por e-mail para uma grande quantidade de jornalistas
  • Empresas precisam produzir conteúdo útil para seus públicos
  • Os veículos de comunicação impressos não morreram.

As informações são da Tracto, levantadas após uma enquete com 700 profissionais de comunicação em maio de 2015.

E hoje? Este pensamento e percepções mudaram?
Opine.

O site da Tracto é www.tracto.com.br

Você sabe o que é Content Marketing?

Social-Media-Marketing

Marketing de conteúdo é qualquer forma de marketing que envolva a criação e compartilhamento de conteúdo para adquirir e educar clientes. Este conteúdo pode assumir diversas formas como notícias, vídeos instrutivos, white papers, ebooks, posts de blog, guias, artigos, perguntas e respostas, imagens, entre outros.

O Marketing de conteúdo não é focado exclusivamente em vendas, mas sim em comunicação da marca diretamente com clientes e potenciais clientes. O conceito baseia-se em gerar fidelização dos clientes ao entregar informações valiosas, de maneira consistente. O conteúdo é produzido pelas marcas visando se aproximar do cliente e sanar suas dúvidas/objeções e dicas ao longo do funil de vendas, mas sem intenção comercial direta, e sim educacional.

Dentre os principais objetivos do marketing de conteúdo em uma empresa podem ser destacados o o aumento de vendas, do engajamento com os clientes e potenciais clientes e geração de leads.

Em breve estaremos oferecendo cursos (presenciais e on-line) sobre o assunto. Aguarde!